13.8.09

Barulheira

A volta da terra dos bufalos me lembrou como os verões são universos paralelos onde acostumamos fácil, a vida segue sua rotina me apresentando um leão para matar todos os dias enquanto tento combater a dor de cabeça com mais barulho, escapismos na cultura pop não são de hoje, mas quando algo vindo da garagem de Jack White me faz sorrir é sinal que existe esperança no mundo.

"Jack White acorda no meio da noite e pensa: - chega de enrrolação, tá na hora de rock'n roll", essa foi minha primeira impressão nas primeiras faixas de Horehaund (2009) primeiro album de seu mais novo projeto, The Dead Weather, onde este pega as baquetas, deixa Dean Fertita, do Queens of the Stone Age, na guitarra e Jack Lawrence do Raconters, no baixo (lembrando em trechos o Queens..., um Rage Against the machine e a própria guitarra de White em muitas músicas), e deixa o bluesão sujo desenrrolar-se unido ao hardcore garageiro, fato é, que o trunfo da banda em parte é trazer a vocalista Alison Mosshars do The Kills para a trupe, ela traz a suavidade em meio ao caos, traz sensualidade a sombriedade da banda, da o toque Janisjopliano ao novo projeto de White, que ha tempos não me convencia, sim estou falando com você Raconters, e desde Elephant do White Stripes não me fazia querer vestir a jaqueta, pegar minha moto e beber cerveja nos bares da vida.
Nota:8.
Destaque para Treat me like your mother, So far from your weapon e New pony.



Ao pequeno Gregor: Deixe o rock invadir seu coração, abraço forte.

Um comentário:

almir disse...

som do caralho...mas jack eh melhor empunhando suas guitarsss do q na batera na moral...